RECEITASHAKE $5PULPFICTION

5 bolas de sorvete de baunilha

50 ml de leite gelado

1 colher (sopa) de essência de baunilha

30ml de leite quente (para derreter o chocolate branco)

50g de chocolate branco

Chantilly e Cerejas para decorar 

Derreta o chocolate branco no fogo baixo

com os 30ml de leite, após esfriar um pouco bata todos os ingredientes no mixer ou liquidificador.

PULP FICTION

Ontem estava conversando sobre Tarantino (quem conhece a Pantcho’s sabe como somos fãs dele) com a galera na cozinha, que hoje é composta em sua maioria por pessoas abaixo dos 30 anos. Comecei a falar de Pulp Fiction e eles ficaram com aquela cara de dúvida tipo: “o que esse cara está falando?”. É, eles não faziam a menor ideia do que eu dizia. Aí falei: Como assim vocês não assistiram Pulp Fiction? AH NÃO! Essa será a lição de casa.

E hoje, nosso dia de folga, aproveito a oportunidade para voltar a indicar este clássico, pois a última vez que falamos dele, a página da Pantcho’s não passava de 2.000 likes e Pulp Fiction é um filme que temos que compartilhar. É genial! A trilha sonora é incrível, os diálogos cheio de referências e toda a tensão do filme.

“Sabe como se chama um quarteirão com queijo na França? Royale com queijo”. Esse é um dos diálogos, enquanto Vincent Vega (John Travolta) e Jules Winnfield (Samuel L. Jackson), que são assassinos profissionais, cobram uma dívida. Uma ação que, para eles, parece tão natural que tudo bem bater um papo enquanto executam sua tarefa. Menos quando Vincent Vega precisa distrair a mulher de seu chefe, Mia Wallace (Uma Thurman), e a tensão paira no ar, pois, afinal, é a mulher do chefe.

Para distraí-la, eles vão para um restaurante temático onde Mia conta ao Vincent sobre a sua experiência como atriz em um piloto para a televisão, na qual interpretava uma assassina especialista em facas (Opa, Uma Thurman especialista em facas? Isso daria um bom filme hein? Podia se chamar Kill alguma coisa, rs).

Enquanto eles estão no restaurante, ela pede o famoso Milk Shake de $5 (este que reproduzimos na foto). Enfim, Pulp Fiction é um filmaço. Não vou dar spoiler aqui, mas acredito que deu pra ter uma ideia do que se trata o filme... dois assassinos, o gângster que os chefia e sua esposa, um pugilista pago para perder uma luta e um casal assaltando um restaurante.

#dicadoPantcho: Não assista pensando que é um filme cheio de clichês. E sim, tem na Netflix. #patrocinanoisnetflix

P.s.: Também aceito sugestões de filmes e séries, fiquem a vontade...

MINDHUNTER

Aproveitando a folga, tenho uma série para compartilhar com vocês: MindHunter.

Não é uma série policial qualquer, baseada no livro de John Douglas, a primeira temporada se da durante a fundação do departamento da “Ciência Comportamental” do FBI.

 

A ideia se deu depois que o FBI percebeu que os crimes perderam o padrão, até certa época os crimes tinham uma motivação: seja ligado a família, alguém próximo, a relacionamentos, enfim coisas cotidianas, o que facilitava encontrar o assassino. Até que alguns crimes começaram a não fazer sentido, não tinha uma razão lógica.

 

E é onde Holden Ford tenta entender esse mundo, vai estudar psicologia e sociologia e acaba por começar a entrevistar psicopatas como Ed. Kemper, Jerry Brudos e Richard Benjamin, chegou a tentar conversar com o psicopata mais famoso do EUA, Charles Mason. São relatos reais baseados no livro ( que também indico, pois é ainda mais recheado de detalhes e relatos). Curto demais séries policiais e assuntos ligados a psicologia, acho esse mundo fantástico. Por isso resolvi dividir isso com vocês! #patrocinanoisnetflix rs 

A trilha sonora também é muito boa, incluindo a emblemática Psycho Killer, da banda Talking Head, que também tem uma {suposta, ainda não confirmada} história bem macabra: Uma mulher, que morava com seus dois filhos, recebeu a ligação de um desconhecido que só dizia "fa fa fa fa fa fa fa fa" e logo desligava o telefone.

 

Com a repetição das ligações, a mulher decidiu ligar para a polícia, que grampeou o seu telefone com o intuito de identificar a origem dessas ligações. Um dia, a mulher recebeu a ligação e mais uma vez só escuta as mesmas sílabas repetidas. Desligou o telefone e em seguida recebeu uma ligação da polícia com a ordem de que ela saísse imediatamente "run, run, run, run, run, run, run", pois a ligação vinha de dentro de sua casa. Quando ela desceu as escadas se deparou com os dois filhos enforcados e o assassino nunca foi encontrado. 

Bom, se você curte esse mundo de séries e filmes policiais, MindHunter é uma boa pedida. E se tiverem uma série ou filme que curtam, por favor, compartilha comigo, pois folga pede Netflix e nada como dicas certeiras para conhecer coisas novas e legais.

p.s.: não abrimos segunda nem terça-feira, mas quarta-feira voltamos! E o burger da foto é o #joãoestrella.

#dicadoPantcho

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

Av. Manuel Alves Soares,404 Pq. Colonial (Primavera/Interlagos) | contato@pantchoshouse.com.br | 11 2589.0467

© pantchos house hamburgueria ltda-me • 2017 | todos os direitos reservados